Festa da Imaculada Conceição

Dezembro 08, 2021
Fonte: District of Spain and Portugal

És toda bela, ó Maria, em ti não há mancha de culpa original. Como uma graça própria desta festa, peçamos a Deus que nos cure e nos liberte de todos os pecados, para que possamos estar prontos a receber Jesus nos nossos corações no dia de Natal. Nesta festa da Imaculada Conceição, oferecemos-lhe uma breve meditação, bem como uma oração de São Pio X à Virgem Pura.

O dogma da Imaculada Conceição ensina-nos que Maria, mãe de Jesus Cristo, foi concebida sem pecado original. A Bula de 8 de Dezembro de 1854, Ineffabilis Deus, do Papa Pio IX, ensina infalivelmente o seguinte:

"Declaramos, afirmamos e definimos que foi revelado por Deus, e consequentemente, que deve ser firme e constantemente acreditado por todos os fiéis, a doutrina que sustenta que a Santíssima Virgem Maria foi preservada imune a qualquer mancha de culpa original, no primeiro instante da sua concepção, pela graça e privilégio singular de Deus Todo-Poderoso, tendo em vista os méritos de Jesus Cristo, salvador da raça humana".

 


Meditação


"Tu és toda bela, ó Maria, em Ti não há mancha de culpa original". Esta é a terna oração que a Igreja coloca nos nossos lábios quando todos os anos recorda solenemente o mais glorioso dogma da Imaculada Conceição de Maria.

Que festa encantadora da Imaculada Conceição! Em três olhares atentos, resumimos a meditação de hoje:

- Um olhar de gratidão a Deus.
- Um olhar de louvor e amor por Maria.
- Um olhar sobre nós próprios.

Olhemos para Deus com um olhar de gratidão, pois neste belo dia o Senhor aproxima-se misericordiosamente da pobre humanidade a fim de a salvar. Ele envia-nos a Imaculada Conceição como um belo amanhecer que preludia o aparecimento do dia da nossa redenção. O Sol da justiça, Jesus, que verterá sobre a terra torrentes de luz e vida, já está próximo.
Um olhar glorioso para Deus, o divino Criador desta maravilha humana chamada Maria Imaculada.

Um olhar de amor ao Senhor que tanto nos amou, que nos deu Jesus como Salvador e Maria como Mãe de misericórdia.

Que providência amorosa de Deus para nos dar a Virgem como nossa Mãe e nossa Advogada. Sem esta mãe de misericórdia, quem seria salvo...?

 

Olhemos para Maria Imaculada, que aparece no mundo, pisando com o pé imaculado na cabeça da serpente infernal; triunfando plenamente, absolutamente sobre o pecado..., para lhe dar os parabéns e mil felicitações por ser Muito Pura na sua Conceição, pela sua limpeza imaculada no primeiro instante do seu ser, por aparecer desde a sua concepção cheia de graça e virtudes.

Olhemos, cheios de admiração e reverência, para Maria na sua Imaculada Conceição, que é a mulher forte por excelência, vestida com o sol e coroada com estrelas...

Toda a humanidade tinha estado a prestar tributo ao pecado, todos os filhos de Adão estavam a manchar-se nas águas de culpa? Mas como esta preciosa Criança estava de passagem, a turbulenta corrente do pecado foi miraculosamente interrompida.

Honra e glória e louvor eterno à Imaculada!

 

Agora um olhar sobre nós... Somos filhos da Purissima. Dizem que as crianças têm um ar de família, assemelham-se aos seus pais. E eu assemelho-me à minha mãe no céu?

Um bom filho de Maria odeia o pecado, que mancha. Os filhos de Nossa Senhora têm uma grande estima pela graça, que embeleza as almas e as torna filhas de Deus.

 

Resolução: Esforçar-me-ei por ser como a Imaculada Conceição, por viver uma vida sem pecado.


Oração de São Pio X


Ó Santíssima Virgem, que tem sido agradável ao Senhor e que se tornou sua Mãe; Virgem Imaculada no vosso corpo, na vossa alma, na vossa fé e no vosso amor, olhai com olhos benevolentes para os infelizes que imploram a vossa poderosa protecção. A serpente infernal, contra a qual foi lançada a primeira maldição, continua a lutar e a tentar as pobres crianças de Eva. Vós, nossa Mãe abençoada, nossa Rainha e Advogada, vós que esmagastes a cabeça do inimigo desde o primeiro momento da vossa concepção; aceitai as orações que, unidos convosco num só coração, vos pedimos que apresenteis perante o trono de Deus, para que nunca nos deixemos arrastar para as emboscadas preparadas para nós, mas para que possamos chegar ao porto da salvação, e para que, no meio de tantos perigos, a Igreja e a sociedade cristã possam mais uma vez cantar o hino da libertação, da vitória e da paz.
Ámen.