Que problema tem a Missa Nova?

Uma crítica do ‘novo rito’ não pode ser uma crítica da missa em si, porque a missa é o sacrifício que Cristo deixou à sua Igreja. Essa crítica consiste na apreciação das possíveis lacunas no rito e na ordem das cerimônias usadas para cumprir este Augusto Sacrifício.

Para as gerações mais recentes custa entender do que foram privadas com a reforma litúrgica, porque não conheceram outra coisa senão a Missa Nova, e assistir à Missa Tradicional lhes parece, à primeira vista, algo estranho.

A fim de entender claramente o tema, é necessário primeiramente compreender as verdades de fé sobre a missa.  Somente baseando-se nessas verdades é possível avaliar um rito litúrgico da missa.

Leia mais